Arteris

Relações com Investidores

Menu

Notícias

Arteris anuncia seus resultados do 4T15

São Paulo, 29 de março de 2016.

Arteris (Novo Mercado Bovespa: ARTR3) anuncia seu resultado consolidado do quarto trimestre de 2015

DESTAQUES 4T15

Tráfego Pedagiado: 171,0 milhões de veículos equivalentes registrados no 4T15, com queda de 10,0% na comparação com o 4T14. A variação está associada à retração econômica observada no país no período e a não cobrança desde abril dos eixos suspensos de veículos pesados vazios nas rodovias federais. Caso está cobrança estivesse em vigor, o tráfego pedagiado teria decrescido 6,9% no 4T15 e 4,0% no acumulado do ano. Apesar da queda no acumulado do ano, destacamos a resiliência do tráfego de veículos leves, que cresceu 3,5% em 2015.

Receita de Pedágio: Totalizou R$ 624,3 milhões no trimestre com uma ligeira queda de 2,3%. No acumulado do ano o aumento foi de 0,3% com um montante de R$ 2,4 bilhões. Apesar da queda do tráfego, a Receita de Pedágio se manteve estável, devido aos reajustes de tarifas entre os períodos ― em algumas concessões federais acima da inflação, em função de reequilibrios.

EBITDA e EBITDA Ajustado: EBITDA registrou uma queda de 24,1% em relação ao 4T14, ficando em R$ 269,5 milhões. O EBITDA ajustado retraiu 8,0%, com R$ 352,7 milhões e margem de 61,4%.

Endividamento: A dívida líquida totalizou R$ 5,7 bilhões ao final do 4T15, com um aumento de 7,0% em relação ao 3T15. O grau de alavancagem, medido pela relação Dívida Líquida / EBITDA Ajustado - Ônus Fixo (últ. 12 meses), ficou em 4,10x.

Investimentos: Foram desembolsados R$ 455,6 milhões no trimestre e R$ 1,8 bilhão no acumulado do ano em investimentos nas rodovias, principalmente nas rodovias federais.

Lucro Líquido: Totalizou R$ 12,0 milhões negativo no trimestre e R$ 149,3 milhões positivo no acumulado de 2015. Os resultados estão associados a atividade econômica e também à maior depreciação e ao resultado financeiro, impactado pelo aumento do endividamento e dos juros.

Para baixar o comentário de desempenho do 4T15, clique aqui.

Última atualização em